quinta-feira, 23 de maio de 2013

Personagens para Cyberpunk 2020 (2): Bumper

Donny Donowitz  "Bumper"  é um personagem criado por mim, mas tremendamente detalhado por Leandro Parejo (do Blog Saia da Masmorra)e cujo histórico farei apenas um resumo.

Inspirado no personagem de Robert Deniro em Taxi Driver, "Bumper" é um veterano das guerras amazônicas que deixou a vida no exército após a morte da ex-mulher, já que devia cuidar da filha, Sweet Anna.

No exército ele era um soldado de elite, um Franco-atirador que foi responsãvel por eliminar alguns militares do alto -escalão do exército brasileiro e argentino.

Seu apelido vem da adolescência, quando espancou um professor usando um taco de Titânio (tudo bem, o professor mereceu).

("Bumper", para quem não sabe, é  o nome daquela peça de plástico que joga a bola de novo para as mesas de pimball)

Ele passa a dirigir um taxi na velha Detroit, uma forma apenas um pouco menos perigosa que lutar em uma guerra, já que gangues de psicopatas, assaltantes e atentados à bomba fazem parte de sua rotina.

O taxi de Bumper era um Ford Thunderbird 1960,  blindado e envenenado, carregado de armas e era conhecido dentro da Zona de Combate como sinônimo de problemas se alguém se metesse com ele.

A sorte de Bumper mudou quando salvou a vida de Jane Burroughs, mulher do policial casca-grossa James Burroughs, que acabou amigo de Bumper e o chamou, eventualmente, para fazer parte da força de elite conhecida como "Cyber-Squaid" de Detroit, uma força-tarefa especializada em problemas com cyber-criminosos tanto eletrônicos, quanto físicos (cyber-psicóticos, por exemplo).

No decorrer das aventuras James morreu assassinado e foi Bumper quem assumiu o cargo de capitão da força tarefa, reformando e melhorando a equipe.

Ficha:
O ponto forte de Bumper são as armas. Como qualquer jogador experiênte irá perceber, a ficha e o arsenal é bem "aditivado", o que é exlicado como necessário pois os personagens fazem parte de uma elite de policiais e os desafios que proponho a eles nas mesas não costumam ser "a piece of cake".

Atributos básicos:
INT [  4  ]   REF [ 9 /  ]  TEC [ 2 ]  AuCon [ 8]   SOR [ 5]   TCO [ 8 ]  EMP [ 3/  ] ATR [ 5 ] 
MOV [ 7 ] Correr(21), Saltar(5), Levantar (320) Human. (30) $$: [2000] Reputação [6]


Habilidades Especiais:
(eu permito que meus personagens tenham especializades diferentes em jogo. Se for excolher uma somente, use Autoridade 7, já que, agora, ele é mais um burocrata que um agente)

Noção de Combate: 5; Autoridade 7 (capitão de força-tarefa).

Eu ignoro as regras oficiais e divido as armas de fogo em apenas dois tipos: Armas de uma mão (pistola, usi, etc), e Armas de Duas mãos (fuzil de assalto, carabina, etc).

Habilidades Normais: 
Tipo Corporal: Resistência 3
Auto-controle: Interrogatório 7; Manha 7
Empatia: Liderança 6
Inteligência: Atenção/ Notar 7 (+2 = 9) ; Espanhol 3; 
Reflexo: Armas brancas: 3; Pistola (armas de uma mão) 5 (+2 = 7); Rifle (armas de duas mãos) 10 (+2 = 12)
Boxe: 4, Dirigir 6; Esquiva 4 (+1= 5), Furtividade 4, Pilotar AV 2
Tech: Armeiro 5; Arrombamento 4; Tech Básico (mecânica de veículos) 3

Implantes:
-Neurais básicos + implantes para link de armas +2 ;Adrenal Booster, Conexão com veículos (+2 para automóveis) 
-Filtro Nasal; 
-Audio Básico, ;  AudioRadar (70% eficaz); 
-Cyberolho básico com Target, Imagem Melhorada +2 (times square), imagem termográfica e Target (para permitir melhora de mira).
-Braço esquerdo tem o implante "Kill Display" ou tbm chamado de Body Count" para contar número de mortos.

Equipamento:
Proteção: Armadura Swat SP 20 (todo o corpo) (-1 de Ref)
Transporte: Furgão "Caveirão" (escolha um que goste, mas sugiro o Furgão "OCP RIOT CONTROL" com aceleração 35, Desac. 40, 8 passageiros, 4 prisioneiros, manobra +2. Equipado com rádio da polícia, SP 20 de blindagem, Jato dágua, canhão de gás lacrimogênio, canhão de micro-ondas, câmera e sistema de audio para gravação, Alto-falante, pneus reforçados (SP10).

Armas: Escolha uma de cada tipo, com dois pentes, um normal e um perfurante. Armas pesadas somente um lança-míssil Scorpion (ver livro básico).

2 comentários:

  1. Cara, histórico sensacional! Adoraria uns contos baseados nessas aventuras.

    ResponderExcluir